12 de setembro de 2018

|

por: ludens

|

Categorias: Novidades de Tratamento

Superação dia após dia

 

Davi é um menino muito especial, carinhoso, lindo e cheio de energia. Há cinco anos alegra a Clínica Ludens três vezes por semana, durante suas sessões multidisciplinares de fisioterapia, fonoaudiologia e terapia ocupacional.

 

 

Quando tinha um ano de idade, o garoto chegou à Ludens com grandes problemas de alimentação e com o desenvolvimento de um bebê recém-nascido, tanto que não controlava nem o pescoço. Além disso, antes de um ano ele foi diagnosticado também com Síndrome de West e as crises de epilepsia trouxeram complicações neurológicas que afetaram o seu desenvolvimento global. “Hoje, com o tratamento adequado, as convulsões estão bem controladas”, afirma Sandra Smaira, fonoaudióloga da Ludens.

 

 

No prato de Davi só entravam alimentos batidos e agora ele já come normalmente, segura o copo, senta sozinho e está sendo treinado para caminhar com ajuda. Seu desenvolvimento tem surpreendido positivamente a todos que estão envolvidos no caso. “Somos um time! Passo a passo, com paciência e entendendo o tempo do Davi, comemoramos juntos todas as suas conquistas, que são as nossas”, garante Dayse Toledo Moreno, mãe de Davi.

 

“Quando conhecemos a Ludens, nos sentimos abraçados pela equipe, que o acolheu com profissionalismo, comprometimento e principalmente amor.” – Dayse

 

 

Incentivo é a base de tudo

 

Davi recebendo uma medalha por participar de uma maratona inclusiva. “As terapeutas se tornaram amigas e a parceria estabelecida entre clínica e família só trouxeram ganhos para nosso campeão.” – Dayse

 

O sucesso das terapias é fruto não apenas de sua força de vontade aliada à competência dos profissionais, mas também do apoio incondicional dos pais, Dayse e Fernando, e do irmãozinho Felipe de apenas um ano, que o acompanham em todas as sessões. “Inclusive o Felipe tem ajudado a colocar em prática o trabalho das terapeutas. Temos tido muitos ganhos depois da chegada dele”, comemora a mãe.

 

“A família do Davi é maravilhosa, acredita no seu potencial e tem muita confiança na equipe e no tratamento, o que é fundamental para sua evolução. Temos muito orgulho desse nosso paciente tão querido”, emociona-se Sandra.