2 de maio de 2021

|

por: stella

|

Categorias: Sem categoria

Orientação Vocacional: 5 dicas para quem busca uma profissão.

Para quem está na fase de decidir “o que quer ser quando crescer”, a psicóloga da Ludens Malu Cordeiro dá 5 dicas a seguir:

1- Reconhecer e refletir sobre as influências externas à sua decisão

É indispensável reconhecer e refletir sobre quais tipos de influência você tem recebido, seja das mídias, de sua família, amigos ou outras pessoas do seu convívio. A partir daí, avaliar o quanto essas influências estão efetivamente repercutindo em suas decisões. É importante distinguir quais são as expectativas de outras pessoas e se elas convergem ou divergem daquilo que você espera para sua realização profissional. Afinal, quem deve tomar a decisão é VOCÊ!
2- Estabelecer prioridades e critérios para a escolha profissional
Para isso, procure vislumbrar as diversas possibilidades que mais contemplam aquilo que você deseja seguir. É necessário ponderar sobre alguns aspectos: tipo de ambiente, conteúdo do trabalho, atividade, rotina e retornos esperados com a profissão. Após estabelecer os critérios e avaliá-los, deve-se começar a delinear sobre quais são as profissões que atendem a estes requisitos.
3- Pesquisar e coletar informações sobre as áreas 
Após definir as profissões que podem atender aos critérios que deseja, é imprescindível pesquisar e coletar o máximo de informações sobre as áreas escolhidas. Buscar dados sobre quais são as possibilidades de trabalho dentro de uma determinada profissão, em quais áreas poderá atuar, qual a rotina de quem trabalha com isso, como está o mercado para a atividade profissional, dentre outras questões, dependendo do que foi elencado como critério para a sua escolha. Também vale muito conversar com profissionais já atuantes para conhecer suas experiências naquela determinada profissão.
4- Buscar os meios para alcançar o alvo 
O próximo passo será buscar os meios pelos quais será possível alcançar o que você quer, dentro das suas possibilidades. Que tipo de formação é exigida para esta profissão? Nível técnico ou superior (tecnólogo, bacharelado, licenciatura)? Em quais instituições há o curso que você pretende fazer? Quais são os mecanismos para ingressar e permanecer em uma determinada instituição de ensino? Quais são suas possibilidades para estudar em uma instituição pública ou privada? Você pretende mudar de cidade para se formar? É necessário pesquisar sobre vestibulinhos e vestibulares, bolsas e políticas de inserção relacionadas à profissão (caso este tópico seja necessário para a profissão que você almeja).
5- Não consigo me decidir, o que devo fazer? 
Busque um psicólogo para a realização de um processo de orientação vocacional e profissional, para pensar junto com você sobre este processo de decisão e elencar o máximo de variáveis que o compõe. Nestes casos, será feita uma cuidadosa avaliação e intervenção com o objetivo de refletir em conjunto sobre as possibilidades para uma escolha profissional.
Desejamos que encontre o caminho que te faça mais feliz!