15 de maio de 2018

|

por: ludens

|

Categorias: Notícias, Técnicas e Métodos

Fisioterapia respiratória é aliada no combate aos sintomas da gripe

 

A estação mais fria do ano traz com ela doenças respiratórias que já são velhas conhecidas e afetam principalmente as crianças. Consulta, medicamento, bombinha, inalação, cuidados especiais: tudo é feito para que os incômodos sintomas como tosse, rouquidão e falta de ar sejam minimizados.

 

Mas o que algumas pessoas não sabem é que a fisioterapia também pode ser uma grande aliada para reduzir e eliminar esses sintomas ocasionados pelas doenças comunitárias, agindo antes mesmo da necessidade do uso de medicamentos mais fortes e com resultados excelentes.

 

De acordo com a mestre em fisioterapia respiratória Melissa Gurgel Marchini, da Clínica Ludens, a fisioterapia pneumofuncional atua para prevenir esse tipo de doença e também para acelerar o tratamento. “Usamos equipamentos, exercícios e manobras específicas de higiene das vias aéreas inferiores, melhorando a troca de gases, a oxigenação e a ventilação do pulmão. Com isso, aumentamos a capacidade respiratória do paciente e potencializamos a função cardíaca e muscular”, afirma. “Além de promover abertura das vias aéreas inferiores do pulmão que se fecham, muitas vezes, devido à inflamação dos brônquios, a fisioterapia realizada no início dos sintomas vai prevenir e evitar o uso de corticóides inalatórios e antibióticos orais ou injetáveis”, esclarece.

 

Já a fisioterapia respiratória pediátrica facilita a saída da secreção e, consequentemente, o bebê ou a criança respira com menos esforço, reduz a tosse e o cansaço e tem mais qualidade de sono e alimentação.

 

Como prevenir doenças respiratórias

 

  • Manter a casa arejada e limpa, principalmente o quarto das crianças – evite objetos como bichinho de pelúcia, tapete, cortina, protetor de berço e outros que acumulam pó, pois os ácaros são grandes causadores de alergias respiratórias.

 

  • Manter a vacinação adequada e em dia.

 

  • Evitar o contato de crianças sadias com pessoas com infecção respiratória.

 

  • Lavar e secar ao sol mantas, cobertores e blusas de lã guardadas por muito tempo.

 

  • Lavar corretamente as mãos é uma das mais importantes medidas de controle de infecção por gripe. Gel à base de álcool também mata o vírus.

 

  • Manter os animais de estimação no quintal.

 

  • Não fumar e não permitir que fumem dentro de casa, já que a fumaça de cigarros irrita as vias respiratórias.

 

  • Consultar sempre um pediatra e procurar evitar ir ao Pronto Socorro sem necessidade para evitar o contato com outras crianças que podem estar com doenças contagiosas graves.

 

  • Umidificar os ambientes nos quais a criança passa a maior parte do tempo a fim de amenizar possíveis irritações de pele e mucosas.