140x140

CARTA ABERTA SOBRE A LUDENS E A INTEGRAÇÃO SENSORIAL NO BRASIL


    A clínica Ludens se manifesta favoravelmente a iniciativa da ABIS e vê com grande expectativa que o COFFITO venha estabelecer, através do seu colegiado, a regulamentação do exercício da Integração Sensorial no país.
    A partir da década de 90, a Clínica Ludens deu início a um processo de divulgação e educação ao conhecimento teórico e prático sobre a IS no estado de SP e depois em vários estados do Brasil.
    Essa modalidade de ensino foi se desenvolvendo, principalmente, devido a uma lacuna na estrutura de formação dos terapeutas ocupacionais, cuja graduação sempre esteve voltada a construção de um perfil profissional generalista, não especializado.
    A formação de especialistas em Terapia Ocupacional no Brasil, que se iniciava nos anos 80, era buscada a posteriori, em pós-graduações e cursos de extensão que fossem abertos aos terapeutas ocupacionais e, a partir daí, com essas habilitações, os terapeutas ocupacionais deveriam adaptá-las ao escopo de suas competências e habilidades.
    Além disso, naquela época era inimaginável pensar a formação do terapeuta ocupacional voltada para o exercício da profissão em consultórios e clínicas privadas que viabilizassem a prática de qualquer terapêutica ocupacional especializada.
    Até a década de 80, não havia qualquer modelo de formação para a clínica e nem profissionais com experiência e competência técnica para o exercício da IS no Brasil. A iniciação da IS no Brasil aconteceu através de um curso de extensão denominado de “Integração dos Sentidos” ministrado pela terapeuta ocupacional americana Roselyn Van Benschoten, em Campinas, no ano de 1979.
   O primeiro curso introdutório de IS aconteceu em 1987, em Belo Horizonte, e foi desenvolvido pela professora Dra. Lívia Magalhães que havia se habilitado em IS nos EUA.
    Neste lugar da história da Terapia Ocupacional e da Integração Sensorial no Brasil é que entraram, inicialmente, a terapeuta ocupacional Lígia Maria de Godoy Carvalho e, posteriormente, a Clínica Ludens.
    A formação inicial de Lígia Carvalho relacionada a IS aconteceu em 1979 no curso ministrado pela Terapeuta Ocupacional Roselyn Van Benschote, enquanto era acadêmica e depois com a Dra. Lívia Magalhães em 1987, no curso de aprimoramento em IS, em Belo Horizonte.
    A partir daí, desenvolveu sua prática clínica em IS, a qual acabou despertando o interesse de outros terapeutas ocupacionais e instituições para que ministrasse cursos introdutórios sobre IS.
    Nessa direção, o resultado foi um trabalho de divulgação e o de despertar interesse pelo conhecimento em IS, não só dos terapeutas ocupacionais, mas de diversas categorias profissionais, assim como, de instituições e pais de crianças que poderiam se beneficiar com a IS.
    Ao longo dessa história tornou-se fonte de referência clínica e de formação para inúmeros terapeutas ocupacionais, inclusive de membros da ABIS, e outros profissionais. A consequência seguinte desse trabalho foi a busca do seu aprimoramento e certificação em IS em vários países da América Latina e nos EUA. Com isso, pôde ampliar seu conhecimento sobre a técnica, recursos e ambientes para o exercício da IS.
     A Clínica Ludens, local onde desenvolveu sua prática clínica em Integração Sensorial, tornou-se consequentemente referência no oferecimento e aplicação dessa técnica no Brasil, em função do seu trabalho e dos terapeutas ocupacionais que compõe o seu corpo clínico e têm uma formação consistente em IS e que vem garantindo um atendimento de qualidade e eficácia dessa técnica junto aos clientes que a procuram.
     Associado a isso, a Clínica Ludens identificou uma demanda no país pela certificação em IS de Ayres, e estabeleceu a partir de 2012, um intercâmbio com a USC/WPS, de maneira a oferecer a certificação completa em IS, no país, em 4 módulos. A certificação vem sendo ministrada por docentes e pesquisadores renomados e segue o padrão de formação orientado pela USC.
     Hoje, a Clínica Ludens através da Ludens Cursos já capacitou e certificou mais de 1500 terapeutas ocupacionais, sendo que 79 possuem a Certificação completa em Integração USC/WPS e 613 possuem pelo menos um modulo deste programa.  Além da certificação a Ludens Cursos oferece diversos cursos voltados a IS e ministrados por renomados Terapeutas Ocupacionais internacionais, dentre eles: Gustavo Reinoso, Erna Blanche, Shay McAtee, Susanne Roley, Juliana Gutierrez, Anneta Sagar, Winnie Dunn, entre outros.
      Reafirmamos que em todos estes anos a Clínica Ludens e a Ludens Cursos sempre ressaltaram a importância e exclusividade do Terapeuta Ocupacional na avaliação, interpretação e aplicação fiel da Técnica de Integração Sensorial de Ayres. Contudo, entendemos a importância de que o conhecimento da teoria da Integração Sensorial deve ser reconhecido e entendido por outros profissionais da área da saúde, levando em conta que a integração dos sentidos é um campo da biologia e essencial para o desenvolvimento global do ser humano e sua saúde, independentemente do profissional que o trata.
     Dessa forma, ficamos surpresos que a terapeuta ocupacional Lígia Carvalho e a Clínica Ludens, cuja trajetória e experiência referidas acima, não sejam   convidadas a colaborar no apoio às definições, conceituações, habilitação e regulamentação do exercício da Integração Sensorial pelo terapeuta ocupacional no país.
     Além disso, temos identificado através das redes sociais, um grupo de profissionais, que fazem críticas e comentários que não correspondem à realidade praticada em nosso trabalho. Repudiamos tais atitudes que nada contribuem para o crescimento e a legitimidade da Integração Sensorial no Brasil.
     Para além do conteúdo dessas maledicências, é importante reafirmar a trajetória profissional da terapeuta ocupacional Lígia Carvalho, como uma das pioneiras que buscou o conhecimento da IS em outros países, num momento em que essa formação era praticamente inexistente no Brasil, além do seu empenho em trazer essa formação para os profissionais brasileiros.
      Somos uma instituição idônea, que tem contribuído e levado o conhecimento da IS para profissionais de diferentes regiões do Brasil, possibilitando que um maior número de terapeutas ocupacionais tenha um conhecimento equivalente aquele oferecido em Campinas e garanta a ampliação da oferta desta técnica a população e, consequentemente, do seu mercado de trabalho.
    Ressaltamos que a partir do ano de 2017, a Ludens oferecerá a Certificação Internacional oferecida pela USC - University of Southern California, que foi reformulada e adequada aos anseios da classe de terapeutas ocupacionais do Brasil, ou seja, o Programa USC Chan de Certificação e Educação Continuada em Integração Sensorial.
   Dessa maneira, a certificação completa somente poderá ser realizada pelos terapeutas ocupacionais, sendo assim, apenas o Curso I será aberto aos demais profissionais. Os cursos introdutórios da Ludens Cursos seguirão o mesmo padrão estabelecido pela Certificação da USC.
   Esclarecemos que o nosso modelo de formação será distinto do modelo multidisciplinar e colaborativo Americano, que tanto na Certificação da USC quanto a Certificação da CLASI, praticada nos EUA, e que contempla no programa completo, uma porcentagem para Fisioterapeutas, Fonoaudiólogos e Médicos.
   Sendo assim, vamos continuar trabalhando pela Integração Sensorial de Ayres com a responsabilidade e compromisso que sempre tivemos junto aos nossos pacientes, familiares e alunos.
   Temos orgulho de sermos os pioneiros na difusão da Integração Sensorial de Ayres no Brasil desde os anos 90 e de continuarmos este trabalho com ética e responsabilidade.


A Diretoria da Clínica Ludens e Ludens Cursos