7 de agosto de 2019

|

por: ludens

|

Categorias: Novidades de Tratamento

Mamadeira e chupeta: o terror das famílias?

IMG_4594.jpg

Será mesmo que o processo de retirada da mamadeira e da chupeta precisa ser tão penoso? Quem nos mostra é a fonoaudióloga da Ludens, Sandra Lazzari, que foi a convidada da EPTV para uma entrevista no jornal EPTV1 para o quadro Sem Neura.

ASSISTA A REPORTAGEM! CLIQUE AQUI!

Abaixo ela deu algumas dicas a mais para que pais e mães tornem essa fase menos complicada. E garante: “Pode ser mais fácil do que você imagina”.

Confira:

Mamadeira

– assuma que sua criança cresceu e agora tem outras alternativas melhores para o leite.

– as mudanças tem que ser gradativas, com uma programação da retirada. Ex: relacionar com alguma data específica ou um presente que ela esteja querendo.

– resista quando a criança pedir e use estratégias como:

  • Passe o leite para o copo de transição, que também tem um bico
  • Ofereça alimentação mais sólida
  • Dê carinho e atenção para que a criança não se sinta “desamparada”
  • Conte histórias, converse bastante
  • Evite levar a mamadeira à tiracolo, assim a criança não vê e lembra menos
  • Mantenha um ambiente acolhedor

Chupeta

– Restrinja o uso para a hora do sono, pois durante o dia é mais fácil se distrair com outras coisas

– Não a deixe pendurada no pescoço da criança

– Não utilize juntamente com outros elementos como fralda, paninho ou naninha

– Não deixe a chupeta exposta de forma que a criança a veja, sempre guarde em locais que ela não tem acesso

– Nunca ofereça, deixe sempre que a criança peça

– Quando a criança for mais velha, pode-se usar um calendário para mostrá-la os dias que ficou sem a chupeta, estimulando o desafio.